Jornal das Autarquias

Março 2020 - Nº 149 - I Série - Vila Franca de Xira, Azambuja, Alenquer, Arruda dos Vinhos e Sobral de Monte Agraço

José Alberto Quintino

Carta Aberta do Presidente da Câmara Municipal de Sobral de Monte Agraço

José Alberto Quintino

Sobral de Monte Agraço é um concelho rico em património cultural e paisagístico, onde imperam as temperaturas amenas, que convidam ao lazer e à prática de atividades ao ar livre. Situado a 40 minutos de Lisboa e a 25 minutos das praias do Litoral Oeste é, portanto, um concelho que tem todas as condições para ser uma referência em termos de qualidade de vida.

Pleno de dinamismo quer empresarial quer associativo, o Município de Sobral de Monte Agraço tem primado por estabelecer parcerias e sinergias com as mais variadas entidades locais, desenvolvendo uma estratégia de promoção do concelho e de todas as suas potencialidades, através do fomento e da criação de novas dinâmicas de trabalho em articulação, por forma a potenciar o trabalho destas entidades na promoção do desenvolvimento económico e social do concelho.

Em termos turísticos, é incontornável o papel que o território de Sobral de Monte Agraço desempenhou durante as Invasões Francesas, particularmente, durante a terceira e última, que culminou na derrota e retirada do exército de Napoleão do nosso país. É, portanto, nossa missão realçar e notabilizar o contributo da nossa terra nesta página da História, razão pela qual o Centro de Interpretação das Linhas de Torres é elemento nuclear no panorama cultural e turístico do concelho. Da ideia à execução do sistema militar de defesa celebrizado como Linhas de Torres, o CILT oferece mais do que apenas uma visita, contando com um serviço educativo e pedagógico, que pretende sensibilizar as crianças e os adultos, as famílias e as escolas para o património herdado.

Na mesma linha, o Forte do Alqueidão é também uma referência, tendo sido lá que o General Wellesley, conhecido mais tarde por Duque de Wellington, comandante das forças anglo-lusas, instalou o seu ponto privilegiado de comando e vigia. Os fortes vizinhos do Machado e do Simplício comprovam ainda mais a importância estratégica deste território, e em cada trilho ou paisagem compõem autênticos testemunhos de coragem e bravura dos nossos antepassados.

O município de Sobral de Monte Agraço, na qualidade de membro da Rota Histórica das Linhas de Torres – Associação para o Desenvolvimento Turístico e Patrimonial das Linhas de Torres Vedras, encontra-se a participar em três projetos que estão a decorrer entre 2019-2021. Dois desses projetos foram aprovados pelo Turismo de Portugal: “Rede Temática das Invasões Francesas a Portugal” e “Comunidade e Turismo Sustentável”, além de estar inserido no NAPOCTEP, um projeto de cooperação ibérico.

Conscientes de que é nosso dever “preservar a memória, manter a identidade e comemorar a História”, lema que acompanhou as comemorações dos 500 anos do Foral a Sobral de Monte Agraço, em 2018-2019, a Igreja de Santo Quintino, Monumento Nacional, é um traço cultural e identitário da região e que muito nos orgulha e deslumbra quem a visita.

Em Sobral de Monte Agraço, setembro é tempo de reencontro. De forma casual ou programada, as famílias reúnem-se, os amigos juntam-se e vive-se um clima de entusiasmo e de alegria, incontornável imagem de marca das nossas Festas e Feira de Verão. O Município é responsável pela organização das Festas, dando continuidade a um percurso que procura envolver todas as mais-valias que dignifiquem o Sobral e os Sobralenses. As Festas são o momento, por excelência, para promover o concelho e dinamizar a economia local.

Assim, contámos com o precioso contributo dos mais diversos agentes locais, das empresas, do movimento associativo e de todos os que se associaram ao Município, com um indispensável contributo para, juntos, concretizarmos com sucesso as Festas do Sobral. Apresentamos um programa variado que vai ao encontro das preferências de diversos públicos, tendo o cuidado de conciliar os principais traços identitários das nossas Festas, com a criação de novas dinâmicas que vão ao encontro de novos públicos.

Mas mais do que uma terra do passado, Sobral de Monte Agraço é uma terra do presente e do futuro, que conjuga a ruralidade característica com traços de modernidade e de inovação e que, por isso mesmo, se afigura como um concelho de oportunidades, pleno de vontade de ser mais e melhor.

Go top