Entrevista do Presidente da Junta de Fregugesia do Areeiro

Fernando Braamcamp

J.A.- O turismo e o sector primário são valorizados nessa autarquia?
P.J.- O turismo é sempre uma atividade a considerar numa freguesia quer pelas mais-valias para o comercio local quer para dar a conhecer o que a freguesia tem de melhor para visitar.

J.A-As medidas já tomadas pelo Governo contra a violência doméstica, serão suficientes para atenuar esse flagelo?
P.J.- A violência doméstica é por si só um fenómeno irracional e as medidas administrativas por si não são o bastante para combater este flagelo.

J.A.-Como encara a violência nas escolas?
P.J.- A violência nas escolas manifesta-se de várias formas e as novas tecnologias digitais vieram criar novas formas de violência.

J.A.- Que recursos financeiros necessitam as populações mais enfraquecidas (a vários níveis) nessa autarquia?
P.J.- As necessidades variam em função das unidades familiares pelo que é difícil enumerá-las

J.A.- Como reagiu essa autarquia com a chegada de imigrantes, quais as medidas que foram tomadas. Temos verificado, cada vez mais, o aumento da imigração! Como reage às más condições, de trabalho e sustentação, que os mesmos estão a ser tratados?
P.J.- As más condições de trabalho têm a ver com a ligeireza e requisitos mínimos que são obrigatórios na emissão de autorização de residência. Não são observados esses requisitos e muito menos fiscalizados “à posterior”

J.A.- O que pensa sobre as medidas que o Governo quer implementar sobre o parque da habitação?
P.J.- Não vão resultar

J.A.- Os preços dos bens alimentares, cada vez estão mais caros. Acha que as medidas tomadas pelo Governo são suficientes?
P.J.- O governo aplica medidas avulso deixando pontas soltas para que o grande retalho tenha forma de ultrapassar e justificar os aumentos.

J.A.- Que problemas mais prementes necessitam de intervenção rápida nessa autarquia?
P.J.- O Apoio Social, uma função que está dispersa por inúmeras entidades muitas das quais vivem desta função por auto dependência com um orçamento bem preparado, cumpríamos os objetivos.

J.A.-Como está a situação financeira da autarquia neste mandato?
P.J.- O previsto na Lei

J.A.-Que mensagem quer transmitir à população da sua autarquia?
P.J.- A informação comunicacional é fundamental para o conhecimento desta atividade que nos permite conhecer o que de melhor acontece nas autarquias

Go top