Pavilhões PrisionaisX

Peniche

De 1934, data da implantação da prisão política na Fortaleza de Peniche, até 1956, época da remodelação da penitenciária, os reclusos estavam instalados nas antigas casernas militares, celas colectivas que reunindo poucas condições de segurança e higiene eram desapropriadas para o fim em questão. Nessa data foram construídos, à maneira americana, três pavilhões prisionais de alta segurança: os Blocos (ou Pavilhões) “A”, “B”, e “C”.
Destes destaca-se o Bloco “C”. Albergando no 1º piso os presos de delito comum e no 2º piso as instalações dos guardas, tinha no 3º piso a Ala de Alta Segurança, espaço onde, entre outros presos políticos, esteve preso Álvaro Cunhal.