Museu do Hospital e das CaldasX

Caldas da Rainha

O imóvel onde se encontra remonta à chamada "Caza Real", onde habitou a rainha D. Leonor.
Posteriormente, no século XVIII, o edifício foi remodelado e adaptado para residência dos provedores e tesoureiros do Hospital Termal, uma vez que a realeza e a corte preferiam alojar-se nas melhores residências da vila.
A sua atual feição remonta à reforma promovida em 1861, com projecto de autoria do engenheiro Pedro José Pézerat, que lhe ampliava as dimensões e conferia linhas classicistas à fachada, semelhantes às atuais.
Em 1894, o edifício foi objeto de nova intervenção, sob a administração de Rodrigo Berquó, que lhe adquiriu mobiliário próprio uma vez que, até aquela data, o recheio era de propriedade de cada administrador. A partir de então, o imóvel passou a oferecer condições condignas para acolher não apenas os directores do Hospital mas também os membros da Família Real Portuguesa que, periódicamente, para ali se deslocavam à época.