JORNAL DAS AUTARQUIAS

Inscrito na E.R.C. sob o nº 125290

Outubro 2019 - Nº 144 - I Série - Braga e Viana do Castelo

Braga e Viana do Castelo

Entrevista do Presidente da União de Freguesias de Leitões, Oleiros e Figueiredo

João Carlos Alves

J.A.- Que conclusões dos últimos resultados das eleições Europeias?
O partido Socialista continua vencedor. Elevada abstenção

J.A. – Valorize o sector primário e o turismo dessa freguesia?
União de Freguesias com investimentos relevantes a nível da agricultura(viticultura)
Aposta no Turismo com projetos de alojamento local e Agroturismo.

J. A. – O aumento do desemprego gerou muita pobreza, como está essa freguesia a gerir esse problema?
Não, a maior parte das famílias continua a produzir os seu bens agrícolas e animal.

J. A. – O que pensa sobre a violência doméstica, que ultimamente tem aumentado drasticamente no nosso país e qual a causa e efeito?
É um flagelo com grande expansão que muito nos preocupa.

J. A. – A delinquência infantil tanto no meio urbano como no escolar e neste momento um infeliz realidade. Fale-nos sobre esta situação.
A nível escolar, não dispomos de escolas ativas. Na deliquência infantil não temos casos relevantes.

J. A. – O que pensa sobre a violência gratuita que se está a gerar na nossa sociedade?
Problema grave atual coma perda de valores, respeito pelo próximo.

J. A. – Estando a população cada vez mais envelhecida e muita dela sem apoio familiar e recursos financeiros, que apoio presta a autarquia a esta realidade?
Não é um caso problemático e os existentes são apoiados pelas Associações e pelo Município.

J.A.- Com a aproximação do tempo quente, Verão, que tipo de prevenção utilizada para minimizar danos como os que aconteceram em anos transactos?
Palestra de sensibilização das pessoas, quer na limpeza dos terrenos, assim como na utilização dos meios.

J.A.- Que apoios têm recebido do governo para colmatar esse flagelo, e qual o apoio dado às vitimas do mesmo?
O município efetuou a limpeza da faixa de contenção contra incêndios nas vias de ligação. Informação atempada das condições meteorológicas com divulgação de informação no terreno

J. A. – Qual o maior problema com que essa freguesia se debate?
Falta de zonas de construção no PDM. Maior apoio financeiro para conseguirmos executar obras relevantes.

J. A. – Que outros problemas necessitam de maior intervenção?
Melhoramento da rede viária, mais transportes públicos e conclusão a 100% de rede de água e saneamento. Maior cobertura com meios de tratamento e separação dos resíduos urbanos.

J. A. – Que perspectivas tem para o futuro da freguesia?
Maior desenvolvimento. Criação de um centro de dia para idosos.

J. A. – Qual a mensagem que leva às mais variadas reuniões e eventos? E porquê investir nessa freguesia?
Mais investimento, fixação de mais população.

J. A. – Como é a situação financeira dessa freguesia?
Situação estável.

J. A. – Qual o apoio que a Câmara presta às Juntas de Freguesia?
De uma forma geral, a Câmara está sempre disponível em ajudar a resolver os problemas existentes.

J. A. – Que mensagem quer enviar à população da sua freguesia?
Estamos próximo de todos sempre prontos a servir.

J. A. – Como consegue gerir a absorvente vida de autarca com a vida familiar?
Com empenho, muito trabalho.

J. A. – Que mensagem quer deixar ao Jornal das Autarquias?
Muito sucesso e que dignifiquem sempre as Autarquias com trabalho de proximidade.

Go top