Bacalhau à Zé do PipoX

1 lombo de bacalhau
2 cebolas médias
1 litro de leite
4 colheres de sopa de azeite
1 folha de louro
sal e pimenta q.b.
1 tigela de maionese (feita com 2 gemas e 4 dl de azeite)
750 grs de batatas em puré
azeitonas pretas

Depois de bem demolhado, corta-se o bacalhau em postas.
Leva-se a cozer com leite.
Entretanto, picam-se as cebolas e levam-se a estalar com o azeite, o louro, sal e pimenta e um pouco de leite de cozer o bacalhau.
A cebola deve ficar branca e macia e nunca loura.
Depois de cozido, escorre-se o bacalhau e colca-se num recipiente de barro ou, o que é preferível, cada posta num recipiente de barro individual.
Deita-se a cebola sobre as postas de bacalhau, que depois se cobrem completamente com a maionese.
Contorna-se com o puré de batata passado pela seringa ou saco e leva-se a gratinar.
Enfeita-se com azeitonas pretas.
Receita de uma célebre casa de pasto que existiu no Porto a cujo proprietário davam o nome de Zé do Pipo.
Embora levando maionese, esta receita faz parte da culinária tradicional do Porto.